fbpx

Vacinação Humanizada das crianças: técnicas de distração, acolhimento e alívio de dor

Sem categoria

Quando falamos de vacinação humanizada, nos referimos a um conjunto de práticas pensadas para tornar o momento da vacina o mais tranquilo e acolhedor possível.

É normal ter medo de agulha e por mais que seja “só uma picadinha”, ninguém gosta de sentir dor. Se isso é comum até mesmo entre os adultos, você pode imaginar com as crianças, né? A vacinação humanizada é uma forma de facilitar esse momento, para que não se transforme num trauma.

Mas como isso funciona na prática?

Com as técnicas de humanização, principalmente para as crianças, buscamos:

  • acolher,
  • distrair,
  • reduzir a dor e
  • recompensar a bravura.

Para acolher, primeiro precisamos entender que cada criança é única, tem sua própria personalidade e interesses. E o acolhimento só existe se antes houver um olhar atento e afetuoso para a criança, respeitando sua individualidade.

• Ter uma decoração com cores e objetos interessantes também ajuda muito.

• A música é considerada por muitos especialistas como aliada terapêutica para as vacinações.

• Permitir que a criança entre na sala com brinquedos e bonecos do espaço kids ajuda a distrair e tirar o foco do momento.

• Livros, gibis, desenhos animados e jogos de videogame são outras das muitas alternativas de distração.

• Uma vacinadora atenta e empática também vai conseguir conversar com a criança sobre assuntos de seu interesse, tirando o foco da agulha.

• A criança enfrentou seu medo e tomou a vacina? Merece ser recompensada pela sua bravura! Aqui na Bravacinas temos sempre algum mimo no final, além, claro, do certificado de Bravura e a medalha de SUPER VALENTE (que até os adultos gostam de receber).

O presente não precisa ser grandioso. O que importa é a criança se sentir reconhecida e valorizada em sua coragem. Essa sensação vai agir sobre o sistema de recompensa do seu cérebro e, nas próximas vezes, a vacinação para ela será associada a se sentir especial no final.

Todas essas opções são alternativas lúdicas e válidas para acolher, aliviar a dor e deixar a criança mais valente para encarar as futuras vacinas.

Gostou de saber mais sobre a vacinação humanizada? Quer conferir de perto como ela acontece na prática?

Bravacine-se!

Post anterior
Agosto Dourado: da importância da amamentação aos benefícios da mamanalgesia
Próximo post
Teste da Bochechinha é capaz de diagnosticar mais de 310 doenças genéticas tratáveis

Posts Relacionados

Nenhum resultado encontrado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu